mãos. oculos oakley espelhado

Gratuit
Recevez toutes nos informations et actualités par Email.

Entrez votre adresse email:

.Em S. Paulo, Alfredo Leal encontrouo á porta do balneario, ao lado deSoares Guedes, com os braços cruzados e em attitude pensativa. D’ahi apouco, appareceu no local o dr. Affonso Costa, que extranhou vêlo ali,á hora em que o programma revolucionario o mandava ir a caminho dosnavios de guerra. Candido dos Reis respondeulhe contristado:É verdade, estou aqui porque perdi a esperança no movimento e não sei oque devo fazer. O meu logar era no caes, ao pé da Companhia do Gaz, ondedevia encontrarme com os officiaes. oculos oakley de grau masculino
Mas em vez de preparativos darevolta eu apenas observei as evoluções da policia e da municipal, etenho o presentimento de que está tudo perdido.Todos trataram de o serenar a tal respeito, e o dr. Affonso Costaaconselhouo a metterse no automovel com Alfredo Leal, a fim deverificarem o que se passava nos principaes pontos revolucionarios.Foram e nada notaram de animador. Logo adeante de S. Paulo encontraramdois policias fardados, que pareceram desconfiar do automovel. Proximodo quartel de marinheiros apenas havia grupos de seis ou sete populares. venda oculos oakley No caminho da Estephania e de Arroyos esbarraram com piquetes de policiae guarda municipal que investigaram o auto com olhares prescrutadores.N’essa altura, Candido dos Reis voltou a mostrarse desanimado,expressandose, pouco mais ou menos, n’estes termos:[Ilustração: General Antonio do CarvalhalComandante da 1.ª Divisão Militar]Extranho isto. Em vez de agitação revolucionaria, só se vê a policia etropas de prevenção. Presinto que vamos ser assaltados e que terei dedar um tiro nos miolos. Você, Leal, não acha ridiculo que eu vá acabarn’uma esquadra de policia? Isso de forma alguma. Sahi para me bater, eou hei de morrer na revolução ou hei de liquidar a vida pelas minhasproprias mãos. oculos oakley espelhado
Alfredo Leal tratou novamente de tranquilisalo, mas Candido dos Reisinsistiu na ideia do suicidio:Para uma esquadra, nunca… antes a morte!…Como era arriscado andar na rua áquella hora, Alfredo Leal aconselhou oalmirante a recolher a casa e esperar ahi noticias do movimento.

  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »